À Bem Amada…

Que fonte de infinita beleza tu és… Estivestes aqui… Plantaste tuas sementes de bondade e proteção… Glorificaste a existência humana com singelos atos, orações, emanações de um coração puro e verdadeiro…

São incontáveis as lições que absorvemos de tua humildade, tua devoção à vida fluídica da Fonte… Nos teus exemplos, quando ao teu Bem Amado filho encaminhastes com maestria, pelos caminhos floridos feitos de tua suave essência… De onde arrancaste os espinhos do trajeto, pela dispensação do Cristo ao mundo dos cegos… Para que voltássemos a enxergar-nos, a nós, uns aos outros… a Deus… a Mãe, ao Pai… Este foi o teu projeto e que se faz agora de regresso…

Viestes, preparada pelas mais elevadas virtudes da essência de tudo… Abriste teu coração ao sacerdócio do grande espírito Criador… Criaste a irradiante energia em cada toque carinhoso, cada sábia palavra sutil de tua fala melódica em tons cósmicos, cada manto tecido com suas delicadas mãos, o sentimento de um novo mundo, que agora desponta do Grande Sol num horizonte tão próximo, próspero e belo…

Adornando cada Ser com Luz, a Luz protetora, orientadora, compassiva, realizadora… A grande referência da maior e incondicional partilha, deste teu coração de ilimitada fonte de Amor…

Quantos de nós já descansamos nossas cabeças pesadas e confusas em teu colo, e lhe pedimos que nos acariciasse com tuas mãos consoladoras?

Tu te preparaste nas nuances do Amor Maior… Viestes presentear a superfície com tua beleza intocada… Tua pureza em meio às máculas impregnadas e as crenças destituídas…

Mas venceste… Como vencemos por tua entrega… Pois sabemos, quando partistes do corpo que habitastes em teu propósito, imprimiste para sempre no coração da Mãe Planetária, no coração de cada Ser vivente, tua marca de Rainha das virtudes, Deusa do incondicional Amor, Mestra do reconhecimento… E aqui permaneceste nos corações ansiosos por verdade, plenitude e liberdade, como a eterna Mãe, a Bem Amada Mãe Maria, a Mãe de nossa humanidade…

Já lhe pedi muito, minha Bem Amada Mãe… Mas mudo o tom do que lhe peço… Nessa Paz em que me vejo, com elevado sentimento… Não saberei dizer em versos… Peço apenas que venhas ao meu coração, que tão bem conheceste… E aqui verás, abaixo de teu nome nele impresso… Com os presentes que me destes, que “Eu te Amo eternamente… Sem dimensões como o Universo”…

Fred Cury

Autor do Livro Freed On Life, o Amanhecer da Consciência… Disponível no link: https://clubedeautores.com.br/book/188125–Freed_on_life#.VZq39vlViko

Versão em Edição de Áudio/Vídeo, por PALMA: https://youtu.be/Qx5f_g9ydLA

To the Beloved Mother… (English Version)

That source of infinite beauty you are … You been here … planted your seeds of kindness and protection … glorified human existence with simple deeds, prayers and dedications from a pure heart and true …

There are countless lessons we absorb from your humility, your devotion to the fluidic Source of Life … In your examples, when thy Beloved son walked masterfully, by flowered paths made of your gentle nature … Where plucked thorns of path, for dispensation of Christ to the world of the blind … For us to come back to see us, to us, one to other … God … the Mother, the Father … This was your project, and which now return …

You have come prepared for the highest virtues of the essence of all … You opened your heart to the priesthood of the Great Spirit Creator … You created the radiant energy in each affectionate touch, every wise subtle word of your speech in cosmics melodic tones, in mantles tissues with your delicate hands, the feeling of a new world, which now emerges the Great Sun within a horizon so close, prosperous and beautiful …

Adorning each being with Light, the Light protective, guiding, compassionate, creator… You are great reference and unconditional sharing of thy heart of unlimited source of love …

How many of us to rest our heavy and confusing heads in your lap, and ask you to caress us with your hands consoling?

You have prepared yourself on the nuances of the Greater Love … You have come gifting the surface with your beauty … With your purity, amid the impregnated stains and devoid beliefs …

But you won … As we gain with you next to us … But we know, when you is gone of your body, you left in your way  printed forever in our hearts and the heart of Mother Planetary,  his brand of Queen of virtue, Goddess of Unconditional Love, Master of recognition … and here you remained, to the hearts look forward to the truth, fullness and freedom, as the eternal Mother, Beloved Mother Mary, the Mother of all mankind …

I have already asked a lot, my Beloved Mother … But I will changing the tone of what wish … this peace that you see me now, with a high sense … I will know not say in words … I ask you to come to my heart, that you known so well … and here you will see, below your name printed on it with gifts you gave me, is written; “I love you forever… and there are no dimensions for my love, as the universe”. ..

Fred Cury

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s