Ausência

Se sentires alguma ausência, não te aflijas, será pela saudade temporal de tua intimidade Divina… Toda tristeza que sentes, é por estares na divisão entre o que pensas quem és e quem és realmente, adormecido em sono profundo…

Quando tens a sensação de separação de tua inata Divindade, é como alguém de visão obscurecida que encontrou um baú vazio, cujo tesouro nunca foi retirado… é como estar distante do próprio Ser…

Reencontrarás tua Fonte quando vibrares mais alto, a partir de um simples gesto… não é preciso ser complexo para ser magnífico…

Quando olhares para alguém, interprete como a luz de uma alma além de um corpo…
Quando disseres algo, expresse o bem maior intencional em uma simples frase…
Quando auxiliares, que seja com o prazer de ver-te auxiliado… Quando agradeceres, lembre-se que pequenos gestos criam grandes proporções, assim como grandes rios evoluem de pequenas nascentes…

As maiores recompensas não estão em grandes remunerações, mas nos grandes efeitos que teus pequenos feitos produzem adiante…

Pequenas sementes são férteis a grandes vegetações, florestas e são provedoras de frutos, flores, beleza, abundância e equilíbrio…

Quando te encontrares realmente, amarás a ti, por redescobrir-te como a criação que cria… e entenderás que tudo o que esperavas do alto, para que caminhasse ao teu lado, lhe sustentasse ou resgatasse, não poderá vir ao teu encontro, direcionar o teu destino ou cumprir propósitos de que és capaz…

Porque sempre esteve dentro de tua essência… e não existirias simplesmente… se nenhum poder tivesses na existência…

Fred Cury

Trecho do Livro: O Amanhecer da Consciência… 

Versão em Vídeo/Áudio publicada no YouTube: https://youtu.be/L2sOZ-00fnE

Absence … (English Version)

If you feel any absence, is the temporal miss of your Divine intimacy … Any sadness you feel, it is because you are in the division between what you think who you are and who you are really, asleep in deep sleep …
When you have a sense of separation from your innate Divinity, it is how a obscured vision looking for an empty ark, whose treasure was not withdrawn … it’s like being away from the very being …

Again you will find your source when you vibrate higher, from a simple gesture … no need to be complex to be magnificent …

When you look at someone, interprets as light of a soul, to plus a body …
When you say something, express the best intentional and in one simple sentence …
When you aid other, it is with pleasure in see you help yourself … When you thank, remember that in small gestures you can create enormous effects, as well as major rivers evolved from small sources …

The greatest rewards are not great amounts, but great effects that your little actions can generate on future… as small fertile seeds, are capable of generating large vegetations, forests, fruits, flowers, beauty, abundance and balance …

When you find yourself really, you will love yourself, in rediscover yourself as a creation that creates … and you will understand that everything you expected from above, so to walk at your side, for sustain or rescue you, can not come to find it, direct your destiny or fulfill purposes that you are capable …
Because it has always been within your essence … and you can not exist simply… if you have no power on existence …

Fred Cury

Anúncios

1 comentário

  1. freedonlife · março 31, 2016

    Republicou isso em freedonlife.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s