Saúdo a ti Ser Divino…

(I greet thee Divine Being – Original text in Portuguese language, and transcription for English version)

Após a origem, fostes várias crianças purificadas… Renascendo e crescendo a partir de variáveis pontos de partida… Ingressando à superfície em novas etnias e geografias… Tantas vezes, cedendo tua disposição à tantas experiências…

Uma mesma Alma que regia as expressões de reis e rainhas, artistas, guerreiros… Líderes ou subalternos, poderosos ou humildes…

Tantos aspectos vividos em um coração repleto de coragem,… dedicado a entender os mundos governados por ideais separados das origens,… ao conflitarem-se com suas facetas e jogos limitantes,… a aprender nas polaridades, o quanto se faz necessária a Luz para a escuridão persistente…

Velhas almas sempre perseveram… antes e depois das renovações…

Quanto já foste pela Criação,… a contribuir cegamente à evolução do corpo, da mente, do espírito Divino,… e ao Planeta Consciente que habitaste,… na Ascensão como destino…

Celebrarei tua existência, Divina Alma,… pois ao enaltecer-te e respeitar teu fluxo,… honrarei nossa Fonte magnânima, que nos aguarda com o mesmo Amor, que permitiu-nos a escolha, de como aprender a criar a perfeição de um Universo,… conhecendo um dominante mundo ilusório, e aos desígnios da existência, tão imperfeito e controverso…

A cada passo que deres, Nobre Alma, ressonâncias se unificam,… formando uma vasta gama de pontos de Luz , visíveis e veladas por quem nos glorificam…

A cada ato e intenção de Amor que manifestares, Sagrada Alma,… cicatrizes de batalhas desaparecerão,… tua longa história será referência… Um novo mundo livre será mérito… O sentido de uma grande tarefa,… um louvável serviço de alma,… ao veres todo aspecto da existência renovado…

Então, juntos dançaremos alegres, Linda Alma,… por entre as constelações,… espalhando a boa nova ao cosmos… Irradiantes entre os mundos há muito concebidos,… dos primitivos aos renascidos em beleza…

E cantaremos em uníssono…

“Já estivemos humanos,… e como tais realizamos,… os grandes feitos das Estrelas”…

… do livro “O Amanhecer da Consciência”, de Fred Cury 

I greet thee Divine Being … (English Version)

… You was purified in rebirthing, and growing from starting points variables … To Joining the surface in new ethnic groups and geographies … So often, giving your disposal to so many experiences …

The same soul that governed the expressions of kings and queens, artists, warriors, leaders or subordinates, powerful or humble …

So many aspects lived in a heart full of courage … dedicated to understanding the worlds governed by ideals of separate origins, … when in conflict with its facets and limiting games … you learn in polarities, how much is necessary in light to the persistent darkness …

Old soul is perseverance … before and after the renovations …

What you was for creation, … always to blindly contribute to the evolution of body, mind, to spirit of the Divine … and what Conscious Planet dwelt … in the Ascension as a destination …

I’ll celebrate your existence, Divine Soul, … in praise and respect to your flow … so, honor the magnanimous Source, awaiting us with the same love which allowed us to choose, how to learn to create perfection to the universe … knowing a dominant illusory world, and the designs of existence, as imperfect and controversial …

At every step you give, Noble Soul, resonances are unified, forming … a wide range of points of light, visible and veiled by whom we glorify …

Every act and intent of Love that you manifest, sacred soul … scars of battles will disappear … your long history will reference … a new world in freedom the your great merit … the sense of a great task … a commendable spirit of service … to view every aspect of existence renovated …

So, we can together dance in happiness, beautiful soul, … through the constellations … To spreading the good news to the cosmos … Radiant, between the worlds… of the primitive to the reborn in beauty …

And we will sing in unison … “We’ve been humans … and as such we can carry out, … the great achievements of the Stars” …

Fred Cury

Anúncios

1 comentário

  1. freedonlife · dezembro 1, 2015

    Republicou isso em freedonlife.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s