Origem…

(Original text in Portuguese language, and transcription for English version in Blog).

Há sempre um propósito evolutivo e renovador, para todas as vidas que se movem em direção ao infinito… 

Na visão limitada somente ao carnal, quando há uma aparente perda de algo conquistado, em verdade, este se desloca a fim de servir um propósito mais elevado a um semelhante…

Não há perdas ou danos de nada. Porque nada se tem, além da experiência requerida ao reencontro com a essência de tudo… Portanto, não é tudo que temos, ganhamos ou perdemos… É tudo que Somos, aprendemos, aprimoramos e criamos… Pelo discernimento do real poder sagrado de cada manifesto Divino…

Cada vida que se move do aspecto sutil da alma ao aspecto denso da matéria, desloca-se a fim de iluminar novamente a certeza do eterno, e de não ser perecível, escasso e findável, como o que se auto define no efêmero “ter”.

A vida que se move pelo eterno, quando reaprende a cocriar com os preceitos sagrados do benefício ao todo, sente-se glorificada. Ao perceber que na intenção amorosa, além de mover-se simplesmente pelo fluxo da existência, também se expande pelo emprego aprimorado de seus dons criativos…

Há de se compreender por fim, lucidamente, que aquele Ser que possui o que se considera riquezas, ou o que ganha uma competição, ou que é considerado mais belo por um mérito subjetivo, ou o que é mais inteligente por um conhecimento limitado a um só mundo, não é privilegiado pelas alturas…

Todavia, é um Ser que reencarnou no plano, para as diversas experiências nos conceitos ilusórios de limitações evolutivas… Até que atingisse o extremo da crença nas ilusões alimentadas por seus medos, advindos das formas de enxergar a própria vida, baseadas na informação exterior ao seu conhecimento divino adormecido, que invariavelmente, é resgatado pelo desígnio ascensional da alma…

A Fonte Divina da qual se originou tudo que existe, não oferece privilégios, pois tudo é a Fonte… Tudo é Deus… Toda manifestação é Deus…

Portanto, não há o que se possa conquistar pelo competir, subtrair, separar ou privilegiar… Pois o todo existente é dotado do mesmo Amor de sua origem. A mesma que permitiu a experiência separatista idealizadora de fronteiras ou diferenças… Superiores ou inferiores… Vencedores ou perdedores… Abastados ou miseráveis…

Até que os ciclos se encerrem no último dos ciclos desarmoniosos e caóticos, consequentes das experiências separadas da inteligência, sabedoria, abundância e perfeição Divinas no Amor… Sobretudo, pela grande purificação e ressurreição de uma das mais belas facetas da Criação; A Mãe Terra, Gaia.

É nisto que consiste a evolução…

É quando o Ser compreende em sua recordação, que Deus não se manifestava em sua vida, porque esperava Ser liberado a partir do seu reencontro com o próprio coração… E nesta liberação, alinhar-se por enxergar e discernir, que se um Ser é uma manifestação de Deus, todas as criações também o são…

Então honrará a partir de si, toda graça como uma só graça… Toda vida como uma só vida… Toda manifestação viva, como um aspecto inspirado de uma só Divindade…

… escrito por Fred Cury

 versão Áudio/Vídeo editado por PALMA: https://youtu.be/IrPb5JqqGo8

Origin … (English Version)

There is always an evolutionary and innovative way, for all the lives that move towards the infinite …

In view of matter, when there is an apparent loss of something gained, in fact, it moves to serve the purpose of a life aspect similar …

There is no loss or damage to anything, because nothing if has, in addition to the experience required to rediscover the essence of all …

So it’s not all we have; win or lose …

But, it’s all we are, when we learn, we improved and created … At insight into the real sacred power of each Divine manifest …

Each life that moves from subtle aspect of the soul to the dense aspect of the matter, moves to enlighten the certainty of eternal again, and it is not perishable and scarce like that self defines in the ephemeral “have “…

The life that moves through the eternal flux, when relearns create with sacred precepts of benefit to the whole, feels glorified, realizing that in loving intent, in addition of move it just by the flow of existence, also expands by employing illuminated of your creative gift …

One has to understand finally, lucidly, that that Being who possess what is considered wealth, or that can winning a competition, or what is considered more beautiful by a subjective merit, or what is more intelligent for a limited knowledge a one world, not is a being favored by the heaven…

But a Being who reincarnated in the plan for the various experiences in the illusory concepts of evolutionary constraints …

Until it reached the point of maximum pain and fear arising from the ways of looking at life, based on outside information to his knowledge innate, yet sleeping… that invariably, is rescued by ascensional project of the soul …

All that exists, is originated of the Divine Source, without priviledges because all it is, is the Source … Everything is God … Every manifestation is God …

Therefore, there is nothing we can win by competition, subtract, separating or atributing privilege … All the existing whole is endowed with the same love of their origin, the same that allowed the breakaway experience who conceived boundaries or differences, … Losers or Winners… Higher or lower … Rich or miserable …

Until the cycle if close, in disharmonious and chaos results, resulting from separate experiments of intelligence, wisdom, abundance and perfection in Divine Love … Above all, the great purification and resurrection of one of the most beautiful facets of Creation; Mother Earth, Gaia.

Herein lies the evolution …

That’s when the Self understands in his memory, that God does cannot manifest in your life, because expected be released by the reunion with the your very heart …

And this freedom, is when the Being can see, and discern, and feel, that is a manifestation of God, and all creations are also …

So honor from Him, all grace as one grace… All life as one life …

All manifesting as a unique inspirational look, of a unique Godhead …

written by Fred Cury

Anúncios

1 comentário

  1. freedonlife · janeiro 5, 2016

    Republicou isso em freedonlife.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s