O Aprimoramento da Alma

Eu louvo esses tempos incríveis… Tempos de inovações, de transformações, de energias purificadoras e restauradoras do Ser…

Como é indescritível a sensação de poder dizer com o coração aberto que Amo… Que nada amo em particular, apenas amo particularmente o que há…

Reaprendi a não esperar nada desse Amor, que Ele já não tenha me agraciado por Ser o Amor… O poderoso, magnífico e absoluto sentido de expansividade da Vida…

“O Discernimento”

Há dois aparentes longínquos meses, o passado tem vindo a mim, com toda energia densa de diversas experiências… Todas acumuladas em minha atual experiência prenunciadora da libertação, em assimilação do conceito imaculado da graça Divina…

As dores do passado são atrozes… Ajoelhei-me e contorci-me, pois o corpo não se sustenta ante a agressividade sentida…

Deitado, sentia-me recebendo Luzes em raios intensos, de minha amada Família do Cosmos, acompanhada de sons aos meus ouvidos em aumentos gradativos de volume, para que as presenças se confirmassem mais marcantes… Representava-me uma nave pousando em meu coração… Aqueles sons também denominados “Trombetas dos anjos”…

Em meio à dissonância entre as altas frequências de Luz e as densas energias das experiências terrenas, as dores se intensificavam ainda mais, como se queimassem o corpo por toda extensão de minha coluna vertebral e as terminações nervosas nos membros, e os pensamentos mais aterrorizantes que vinham, causavam sensações de medo de experienciar um castigo eterno, remetendo-me ao tal “inferno”, que certas religiões apontam como existente, levando-me a compreender que este apenas tornar-se-á real, se assim o permitirmos…

“A Mão Protetora”

Os dias e noites se seguiram com a mesma rotina, onde todos meus membros deslocavam-se, com precisos movimentos fisioterápicos de acionamentos quânticos, advindos de comandos divinamente codificados…

A cada passo do processo, fui me familiarizando aos momentos em que eu deveria respirar profundamente, a fim de auxiliar o bom andamento da cura e atenuar as sensações dolorosas…

Os mais variados pensamentos impuros e indignos para um Ser de Luz vinham à mente… Como ressentimentos, descrenças na humanidade, julgamento, culpa, vergonha, auto depreciação, indefinições, incertezas…

Foi quando em meio às dores intensas e pensamentos que poderiam conduzir-me à auto supressão da vida por desespero, a clareza da sabedoria infinita da Fonte de toda essência, trouxe-me à lucidez plena, de que minha realidade não era a Luz guerreando contra as trevas impregnadas em meu Ser, mas sim, a Luz transmutando a cruel percepção da ilusão desse mundo, a conduzir-me de volta à compreensão e ao coração de meu Ser Supremo, com o poder do conhecimento readquirido…

Percebi pois, existirem  partes de mim a reunirem-se novamente, e sem saberem, buscando por conciliação, perdão, libertação e renovação…

Nesta mudança de direcionamento, em detrimento das terríveis sensações, senti aquela mão dos meus momentos anteriores de Paz e Lucidez, a tocar minha face esquerda… Daquela cuja presença emocionaria até os mais incrédulos… Devido à força de sua energia amorosa, protetora, orientadora e conciliadora… E por meio da intuição já liberada por minha decisão e sobrepondo-se a quaisquer pensamentos interventores, disse-me a Bem Amada Mãe da Humanidade: “Filho, sempre estarei contigo na eternidade”.

“A Ressurreição e a Vida”

Na oportunidade que obtive, fossem quais fossem as experiências, reunifiquei-as em um só passado, neste instante diante de mim, dizendo-lhes: Eu me reconcilio convosco e eu agora vos abençoo com a Luz que se restaura sobre mim… Transmuto esta energia de dor em Amor, e nossa energia será fortalecida… Não há porque guerrearmos… Todos vencemos na Paz do Altíssimo… Trouxemos o futuro incerto para juntar-se a nós, e somos a reunificada e eterna certeza e confiança do agora…

E das partes que se reúnem nesta renovação, reconheço-me agora como a parte de Deus glorificada, em regozijo e gratidão pelo Ser que se aprimora e ama incondicionalmente… O Amor incondicional e o perdão exprimem a vontade suprema de conduzir-se no Amor, eternizando-a, interrompendo assim, todo processo que o medo, a vingança e o sentido de separação da Fonte, possam vir a condenar almas evolutivas à estagnação na roda da dor e sofrimento…

E do agora… Eu Sou parte mensagem… Parte mensageiro… Parte missionário… Parte realizador novamente… Parte do Todo Unificado…

Recordei que para o nosso mundo, não há porque reconstituir experiências, mas criar o novo, com todo o conhecimento do que tende a ser retrogrado se reconstituído…

Recordei, por fim, que atraí a dádiva dos instrumentos divinos de libertação, ao me despir da personalidade, e ao intencionar vestir um mundo novo com a Luz de minha essência… Eu Sou, o que Eu Sou…

“A Mensagem”

Neste momento em que escrevo estas palavras, minha experiência talvez não tenha atingido ainda cinquenta por cento, deste intenso processo de purificação e transmutação… Todavia, nenhuma dor intensa será superior ao êxito, que meu ímpeto evolutivo se propõe atingir, sobretudo, a esse Amor incomensurável, que define a Presença Divina vibrante em meu coração…

Não escrevo tal história de minha purificação, para que vos preocupeis com vossos processos transformadores e suas manifestações… Enfatizo que meu caso possui uma singularidade, inerente a certo nível de Luz que desejo propagar, e se for útil ao propósito do Criador, revelarei em certo momento…

Todas vós, Amadas Centelhas do Criador, sois Almas que projetaram-se a um sentido evolutivo singular, e cada uma é uma força complementar de uma corrente universal…

Sabeis, muitos anjos encarnados são parte deste processo que descrevo em profunda gratidão,  ao auxiliarem-me em situações extremas… Somos um Coletivo de Luz…

Compartilho minhas experiências para que aqueles que ainda não puderam discernir, possam refletir sobre as distinções entre os até então propósitos humanos, as causas das percepções sob a forma de dores e temeridades, tornando as ilusões, efeitos tão reais e torturantes, e o propósito Divino, o verdadeiro sentido de retorno à Mestria, Perfeição e Ascensão na Luz Eterna, reunificados no Amor ao Coração da Fonte de toda a Vida… E vibro veementemente e apaixonadamente pela Plenitude da Vida, para que as causas humanas sejam finalmente, transmutadas em causas Divinas…

Faça-se a Luz…

Fred Cury

Anúncios

3 comentários

  1. clausan · novembro 18, 2015

    É tempo de reflexão e esta mensagem em for.

    Curtir

  2. clausan · novembro 18, 2015

    Maravilhosa mensagem em forma de poema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s