O domo da paz…

freedonlife

Por vezes sentimo-nos confusos, perdidos, sem chão… Sem objetivo ou visão…

Para mim, tudo fez parte do que fiz ontem… Do que deixei de fazer… Aquela atitude impulsiva, arrependida no instante seguinte… Aquele contestar por julgar… Por querer ser a própria razão… Aquele ato impensado sem sentido de revidar uma mágoa…  De dormir com o orgulho… E acordar com a solidão…

Qual o porque de tudo, de tamanha imperfeição?

Não faz mal… Nada é por acaso… Nada é em vão…

Melhor purificar velhas crenças… Velhos conceitos e equívocos… Sei que cada lágrima que rolou dos meus olhos… Cada sentimento de a nada pertencer… Cada dor angustiante no peito… São páginas escritas na história do crescer…

No fundo da alma, biografias que não se resgatam, mas trazem a compreensão para o próximo passo… O próximo ato… O próximo salto…

A interpretação de que se pode atingir a perfeição, ao perceber um sentido profundo, de um desejo de abraçar o mundo e dizer a quem pertenço, de…

Ver o post original 379 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s