Permitir…

(Allow – Original text in Portuguese language and transcription for English version)

Pode-se viver intensamente. Sim, é possível. Sentir a Vida manifestar-se diante de tua percepção, segundo teu estado de graça. Enxergar-te como realidade criativa expansível.

Se percebes uma realidade desarmoniosa, não é de ti, então é somente uma realidade crua. Não a realidade de origem, desnuda das aspirações de um conjunto de conceitos inextensíveis, inexplicáveis, inverossímeis. A desarmonia não vai além das experiências que abrem portas ao discernimento.

Não precisas mais olhar para este nada reincidente. Projetado como algo para ganhar tua atenção permanente. Encerram-se as funções dos labirintos matriciais, a roubarem de ti a fé na vida, nos semelhantes, na luz, no amor, e na abundante energia vibrante.

Nada disso lhe foi tirado, está provado pelo que renasce fortalecido. Apresentado por manifesto de teu coração, que lhe convida a ver os sinais de tudo que já conheceis. Rejuvenescendo teus sonhos de criança.

Tua Fonte de Vida não se calou, ou ensurdeceu, ou vendou os olhos, diante do que percebestes tão realístico. Que te causaram dores, repulsas ou medo. A Fonte lhe convida a experimentares de novo, como seria veres sob sua ótica. Ouvires sob o seu discernimento. Proferires tuas palavras sob seu Verbo. Abraçares com os braços de sua incomensurável sabedoria.

Se permitires, podem refluir todas as dádivas esperançosas de teu coração, este templo que Deus nunca deixou de habitar em Luz contínua. Se permitires, poderás não mais te separares de quem és. Poderás quebrar a barragem construída pela ilusão de intenções divididas, e deixar jorrar o Amor expandido em ti, como um rio crescido da perfeita nascente da Vida.

Perceberás que te elevas, e ao invés de reescreveres uma história por sobre palavras suprimidas e apagadas, num velho pergaminho desgastado, escreverás tua nova criação sobre branca, cristalina e imaculada página da evolução.

Se permitires, inspirar-te-á a partir de tua sagrada liberdade readquirida. Viverás intensamente o novo a partir de tua ressurreição. Ao relembrares que a Fonte de toda Vida, ofereceu-lhe a escolha de apenas permitires.

E assim vivenciarás, tanto quanto entender claramente. No auge da plena felicidade exemplar que teu fluir compartilha. Verás em tudo, teu Deus a sorrir novamente.

Fred Cury 

Versão em Vídeo/Áudio editado e publicado por PALMA: https://youtu.be/8GykJZyrF50

Allow… (English Version)

One can live intensely. Yes, it is possible. Feel the Life manifest before your perception, according to your state of grace. See you as expandable creative reality.

If notices a disharmonious reality, is not you, then it’s only a harsh reality. Not the reality of origin, bare of the aspirations of a set of inextensible, unexplainable, improbable concepts. Disharmony does not go beyond the experiences that open doors to understanding.

You no longer look at this “nothing”. Designed as something to earn your continued attention. Are functions of matrix mazes, to steal from you faith in life, in the similar, in light, in the love, and in abundant vibrant energy.

None of this was taken away, it is proved by the your revival  now. Presented by manifest your heart that invites you to see the signs of what you already know. Rejuvenating your childhood dreams.

Your Life Source was not silent, or deafened, or blindfolded eyes, before you realized so realistic, what caused you pain, repulsion or fear. The Source invites you to experience again, how would view from their perspective. Listen in your discernment. Recite your words in his Word. Embrace with the arms of his immeasurable wisdom.

If you allow, can flow back the gifts of your heart, this temple that God has never ceased to live like continuous light. If you allow, you not need be separate of who you are. You can break the dam built by the illusion divided by intentions, and leave well expanded love in you as a grown river perfect, born of source of Life.

You’ll notice that elevates you, and instead of rewriting a story about words deleted, in an old and worn parchment, you write your new content, on a new white crystalline leaf.

If you allow, will if inspire from your sacred freedom regained. Intensely live the new from your resurrection. You will remember that the Source of all Life, offered him the choice you just allow.

And so, you will experience as much as understand clearly. In your full happiness, sharing to example in your flow. You will see in all around, your God to smile again.

Fred Cury

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s